LOGIN ASSINANTES REGISTAR   Visite a nossa página no facebook. Visite a nossa página no Instagram.
EDUCAÇÃO
ARTE & CULTURA
SAÚDE / BEM-ESTAR & BELEZA
MODA
PÁGINA SOLIDÁRIA
DESPORTO
VIAGENS
ECONOMIA & NEGÓCIOS
ECOLOGIA & SUSTENTABILIDADE
PERSONALIDADES
EVENTOS
SOBRE A REVISTA
EDIÇÃO ONLINE
ASSINATURAS
PARCEIROS
CONTACTOS
Educação Arte & Cultura Saúde / Bem-Estar & Beleza Moda Página Solidária Desporto Viagens Economia & Negócios Ecologia & Sustentabilidade Personalidades
LOGIN ASSINANTES REGISTAR   Visite a nossa página no facebook. Visite a nossa página no Instagram.
EDUCAÇÃO
ARTE & CULTURA
SAÚDE / BEM-ESTAR & BELEZA
MODA
PÁGINA SOLIDÁRIA
DESPORTO
VIAGENS
ECONOMIA & NEGÓCIOS
ECOLOGIA & SUSTENTABILIDADE
PERSONALIDADES
EVENTOS
SOBRE A REVISTA
EDIÇÃO ONLINE
ASSINATURAS
PARCEIROS
CONTACTOS
Educação Arte & Cultura Saúde / Bem-Estar & Beleza Moda Página Solidária Desporto Viagens Economia & Negócios Ecologia & Sustentabilidade Personalidades
19 de agosto de 2019 LOGIN ASSINANTES REGISTAR   Visite a nossa página no facebook. Visite a nossa página no Instagram.
19 de agosto de 2019  
Revista Mulher Africana
Projecto “Bola de Neve”
O Projecto “Bola de Neve”, nasceu depois de um grupo de pessoas perceberem que os pacientes e acompanhantes fugiam do Centro Nacional de Oncologia (CNO), agora designado em despacho ministerial, por “Instituto Angolano de Controle do Câncer ”(IACC).

Publicado a 19 de setembro de 2015 por Rita Simões


Após a realização dos primeiros tratamentos, e quando se começava a revelar algumas melhorias, pais e familiares fugiam do Instituto e só regressavam muitos meses depois quando já pouco havia para fazer no que diz respeito ao controle da doença.

“Os pais traziam as crianças das províncias para Luanda e após a realização de alguns tratamentos, e ao sinal de alguns melhoramentos, os mesmos pegavam nos seus filhos e fugiam, ou regressavam às suas terras de origem. Não tinham onde ficar, não conseguiam fazer face às despesas de alojamento e alimentação, dormiam nos passeios contíguos ao Instituto, não tinham o que comer e acabavam por não ter alternativa. O que acontecia é que voltavam meses mais tarde, já com as crianças em fase terminal, em que pouco ou nada já poderíamos fazer ”, relata Ilda Duarte, fundadora do Projecto” Bola de Neve”.

Inserido no Programa de Luta Contra o Câncer (PLCC) dirigido pelo IACC, esta Organização Não Governamental (ONG) tem como missão de apoiar os projectos que procurem melhorar a assistência médica e medicamentosa dos pacientes portadores de câncer.
Numa fase inicial, este projecto dedicou-se a contribuir para a realização de projectos do CNO que captassem recursos financeiros e materiais para a promoção e implementação de políticas oncológicas e que visassem a assistência eficaz e multidisciplinar de doentes com câncer. Mas a solidariedade é muito mais do que isso, e o “Bola de Neve” assim se tornou devido às várias necessidades que vão surgindo, quer a nível de infraestruturas quer a nível pessoal.


Voluntárias - Liga do Amor

“A criação do “Projecto Bola de Neve”, em 2006, surgiu após termos realizado uma festa de Natal dedicada às crianças internadas no Instituto de Oncologia. Naquele momento percebemos que havia muito trabalho pela frente para minimizar o sofrimento das crianças. Nomeadamente tornar o local onde têm que passar boa parte do seu tempo num sítio agradável, onde possam brincar ”. Continuou Ilda Duarte.

A única unidade hospitalar em Angola que se dedica à prevenção, rastreio, diagnóstico e tratamento do câncer situa-se em Luanda, mas torna-se cada vez mais urgente abrir novos centros de oncologia noutras províncias para tornar mais fácil a vida de quem vem de longe para acompanhar os tratamentos.
Está já prevista a construção de mais cinco centros de oncologia, mas as obras ainda não se iniciaram e esta espera torna-se por vezes tardia.


André Panzo
Presidente da Liga Angolana contra o Cancro



Ampliar
Publicado a 19-9-2015 por Rita Simões
OUTROS ARTIGOS DE INTERESSE NA CATEGORIA PÁGINA SOLIDÁRIA
Sincero obrigada!
Centenas de Mulheres participaram na Marcha Solidária Contra o Cancro da Mama
Esta iniciativa pertence ao movimento "Outubro Rosa" em Luanda
Concerto solidário
A Nossa sopa
CAMPANHA SOLIDÁRIA “UMA CASA. UM LAR.”

Pub







ÚLTIMA EDIÇÃO
JÁ DISPONIVEL







Pub



MULHER AFRICANA

Sobre a Revista
Edição Online
Assinaturas
Parceiros
Contactos
ARTIGOS

 Educação
 Arte & Cultura
 Saúde
 Bem-Estar & Beleza
 Organizações Não Governamentais
 Desporto
 Viagens
 Economia & Negócios
 Ecologia & Sustentabilidade
 Personalidades
ASSINATURAS

Login Assinantes
Assinar Revista
ACERCA

 Política de Privacidade
 Termos & Condições
 Como Anunciar
 Mapa do site
CONTACTOS

PORTUGAL
Rua Eng. Ferreira Dias nr, 161 Sala 301
4100-247 Porto

ANGOLA
Editora / Sede
Avenida dos combatentes
Rua Manuel Van-dunen
Edificio 309 - Entrepiso
Luanda

Telefone
(+244) 222 721 245

Email
geral@revistamulherafricana.com
assinaturas@revistamulherafricana.com
comercial@revistamulherafricana.com

Directora Geral
Isabel Manique

isabel.manique@revistamulherafricana.com

Directora Marketing e Comunicação
Karina Martins

karina.martins@revistamulherafricana.com



Siga-nos nas Redes Sociais

Visite a nossa página no facebook.    Visite a nossa página no Instagram.

© 2019 Revista Mulher Africana - Todos os direitos reservados.
  Designed & Powered by

Mozzaic - Cloud Services - Serviços internet, que crescem com o seu negócio.